quinta-feira, 31 de outubro de 2013

A GRANDEZA



"A grandeza não consiste em se colocar acima e exigir, a grandeza não consiste em comandar, a grandeza, por ser grandeza, consiste em se dar e é maior quem se dá mais!". 

Maurice Zundel

terça-feira, 29 de outubro de 2013

A LUZ PESSOAL


Foto: ©Elena Shumilova

«A Vida é muito mais que uma série de acontecimentos, é sobretudo a qualidade e a luz pessoal que pomos em todas as coisas». 

António Valério s. j.

sábado, 26 de outubro de 2013

INCOMPARÁVEL


"Se amamos alguém, não podemos compará-lo. 
A pessoa amada é incomparável". 

Milan Kundera

quarta-feira, 23 de outubro de 2013




«A vida é demasiado preciosa para ser esbanjada num mundo desencantado».

Mia Couto

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

TAREFAS DA EDUCAÇÃO


«Uma das tarefas mais alegres de um educador é provocar, nos seus alunos, a experiência do espanto. Um aluno espantado é um aluno pensante...

A primeira tarefa da educação é ensinar as crianças a serem elas mesmas. (...) ensinem as crianças a tomar consciência dos seus sonhos!

A segunda tarefa da educação é ensinar a conviver».


Rubem Alves

sábado, 19 de outubro de 2013

COMO CONSEGUI CHEGAR TÃO LONGE?




Como consegui chegar tão longe?

(E sempre em sendas tão escuras?)
Devo ter viajado pela luz
Brilhando nas faces de todos os que amei.

Thomas McGrath, «Poem», in Selected Poems:1938-1988

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

terça-feira, 15 de outubro de 2013

ABUNDÂNCIA E CARÊNCIA DE PALAVRAS


«Há palavras que queimam como raios, correm como setas e magoam como pedras.

Faltam palavras que brilhem como estrelas. 
Que se destaquem pela subtileza e que primem pela claridade.
Eram essas as palavras que usava o Padre António Vieira. Era assim que ele acolhia as palavras. 
«Como hão-de ser as palavras? Como as estrelas. As estrelas são muito distintas e muito claras. Assim há-de ser o estilo da pregação: muito distinto e muito claro».

sábado, 12 de outubro de 2013


"A fé nasce de um encontro, alimenta-se numa relação e culmina numa entrega.
A fé parte da iniciativa de Deus e do acolhimento do homem.
Trata-se, pois, de uma proposta e da consequente resposta.
É por isso que a fé acaba por ter as feições de cada crente e a moldura do único Deus.
A fé é o que, em nós, nos permite ir (muito) além de nós!"

Fonte: http://theosfera.blogs.sapo.pt/1694840.html