terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

PERMEÁVEL AO ESPÍRITO DO AMOR

"O objectivo da minha vida é que o meu ego deixe de bloquear a imagem original e genuína de Deus, que existe dentro de mim, e que eu permaneça sempre permeável ao seu Espírito.

Tenho confiança de que a minha vida se tornará uma bênção para outras pessoas, de que eu próprio me tornarei uma bênção, se deixar de circular, de forma egocêntrica, à volta do meu próprio sucesso ou de me fixar no meu próprio resultado. Só então serei verdadeiramente livre. Nessa altura, serei verdadeiramente capaz de amar. (...)

Pressinto que o meu objetivo é ser totalmente eu próprio, ser totalmente aquilo para que Deus me designou, sem utilizar Deus a meu favor e sem querer dar provas de mim a mim mesmo.

O meu objectivo é, portanto, tornar-me aquele que sou com origem em Deus, e gerar lucros, tal como Jesus prometeu àqueles que n´Ele permanecem e junto de quem Ele permanece.

E eu sei que só serei verdadeiramente produtivo quando abandonar o meu ego e me tornar totalmente permeável ao amor. Um amor que brota em mim para correr através de mim na direção dos outros e os alegrar."

(Anselm Grün, em "O Livro das Respostas")

domingo, 26 de fevereiro de 2012

PARADOXO CRISTÃO

O paradoxo cristão está em subir até Deus enquanto desce à própria realidade. Só quando alguém se encontra a si próprio, é que se encontra com Deus. Sem haver um autoconhecimento sincero, limitamo-nos a lidar com as nossas próprias projeções e nunca com o verdadeiro Deus. (...)

Só quem tem a coragem de aceitar as suas limitações terrenas, a sua humanidade, poderá subir e ter acesso à contemplação de Deus. (...)

No caminho até Deus encontro o meu próprio lado sombrio, os meus abismos, as minhas paixões, as minhas necessidades e emoções.
Quem se eleva a si próprio, deseja ultrapassar a sua realidade psíquica. Deseja, através de um «bypass espiritual», utilizar Deus para se afastar da sua própria realidade, mas vai parar a um beco sem saída. Nunca chegará a Deus, alcançará apenas a imagem que fez de si próprio e de Deus.

Anselm Grün, em "Bento de Núrsia - Mestre da espiritualidade"

domingo, 19 de fevereiro de 2012

APLAUDAM

«Aplaudam os que amam a vida e vivem com alegria sem medo dos lobos! 
Aplaudam os que abraçam a cruz e não fogem do calvário! 
Aplaudam os que crêem no amor e aceitam as conseqüências de amar! 
Aplaudam os que constróem a paz e opõem-se aos tiranos! 
Aplaudam os que têm fé e vivem suas convicções! 
Aplaudam os que defendem o milagre e a festa da vida! 
Aplaudam os que sofrem sem revolta e vivem sem cobranças! 
E aplaudam sempre os que nascem com esperança, vivem com confiança e morrem sem desespero!» 


Pe. Neylor J. Tonin 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

POBREZA

«Há vários tipos de pobreza. Na Índia, onde uma mancheia de arroz é preciosa, as pessoas vivem e morrem na fome. No Ocidente, não se morre de fome, mas vós tendes outro tipo de pobreza, muito pior. É a pobreza de quem não ora, de quem não se preocupa com os outros, de quem não está contente com o que tem, de quem não sabe sofrer e de quem se desespera. Esta pobreza do coração é mais difícil de socorrer.»


Madre Teresa de Calcutá

domingo, 12 de fevereiro de 2012

QUEM TEM O CORAÇÃO PURO?

«Quem o tem o coração puro? 
Aquele que não mancha o seu coração
nem com o mal que comete nem com o bem que faz». 

Dietrich Bonhoeffer, citado por François Varillon, em "Alegria de Crer e Viver"


sábado, 11 de fevereiro de 2012

A VERDADE

"A pior coisa que pode suceder a alguém é possuir a Verdade. 
A melhor é sê-la."  


Agostinho da Silva

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

DEFEITOS

"Muitos dos êxitos que tive foram devidos aos defeitos que tenho." - Agostinho da Silva

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

GRANDES HOMENS

«Há grandes homens que fazem com que todos se sintam pequenos. 
Mas o verdadeiro grande homem é aquele que faz com que todos se sintam grandes.»


Gilbert Keith Chesterton 

sábado, 4 de fevereiro de 2012

FELICIDADE

"Poderia perguntar-se se é realmente a felicidade o valor máximo que a Humanidade procura e se não é a felicidade apenas um instrumento de alguma coisa mais fundamental do que ela."

Agostinho da Silva

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

REVOLUÇÕES

"Pensa-se hoje na revolução, não como maneira de se solucionarem problemas postos pela actualidade, mas como um milagre que nos dispensa de resolver problemas."  


Simone Weil