domingo, 18 de março de 2007

Para ser grande...


"Para ser grande, sê inteiro,
Põe quanto és no mínimo que fazes.
Nada teu exagera ou exclui.
Assim, em cada lago, a lua toda brilha porque alta vive."
Ricardo Reis

1 comentário:

Ana Raquel Almeida disse...

Se me permite fazer uma ressalva: o poema

"Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa.
Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive."

pertence a ricardo reis e não a Alberto Caeiro, embora, de facto, a temática esteja também dentro das abordadas por Caeiro.

Obrigada,

Raquel Almeida


P.S. O blog está muito interessante.