domingo, 29 de dezembro de 2013

LER OS SINAIS


«Os magos vindos do Oriente- gentes vindas de outros mundos, estranhos para a terra de Israel – deixaram-se conduzir, na noite, por uma estrela. Leram os sinais e ousaram seguir-lhe o rasto. Possivelmente, já todos nós, por mais frágil quesintamos que é a nossa fé, experimentámos um dia o brilho intenso de uma estrela. Um brilho vislumbrado no segredo do coração. Não basta o cintilar dessa luz, é necessário abrir-se ao caminho. Diante dos sinais, somos convocados para avançar e a não ter medo dos passos incertos. Podemos ficar presos na nostalgia, também de Deus, só porque não arriscámos dar um passo».

Carlos Maria Antunes "Só o Pobre se faz Pão"

1 comentário:

ᄊム尺goん disse...

[bom que haja
polpa e doçuras
e flores no caminho.
bom ano]

abç