segunda-feira, 27 de julho de 2009

EXPERIMENTAR O AMOR DE DEUS


«Da mesma forma que o sol aquece a pele e perpassa todo o corpo, o amor de Deus quer incidir sobre todos os poros de nosso ser.

O amor de Deus não é algo meramente cognitivo; ele pode ser experimentado no contacto com a criação, com o sol que nos ilumina ou o vento que nos acaricia ternamente.

O amor é sem objecto. Ele simplesmente é. Este também é um desejo que todos nós temos, o de sermos simplesmente amor.

Há aquelas pessoas visivelmente cheias de amor, totalmente permeáveis ao amor divino. Elas não estão apaixonadas por outra pessoa, mas irradiam o amor em todo o seu ser. Seu amor está presente no relacionamento com todos aqueles que elas encontram: têm a capacidade de se dirigir a cada um com total benevolência. Seu amor existe para os animais e plantas, para uma estátua ou uma pintura, assim como para a música. Está presente em cada momento. A presença destas pessoas nos faz sentir bem: irradiam amor; suas mãos têm algo de carinhoso. Não é possível descrever o que se passa connosco quando encontramos uma pessoa assim; de alguma maneira nos sentimos aceites, levados a sério, respeitados, amados; nosso coração começa a "degelar"; sentimo-nos livres, não precisamos ocultar nada, podemos ser realmente como somos.»

(Anselm Grun, em "Abra seu coração para o amor")

4 comentários:

Dulce Gomes disse...

Olá Paulo. Como são bons esses encontros...de pessoas que nos transmitem paz, luz e sentimos no seu coração um amor tão grande que nos contagia e ficamos tão mais ricos para dar também com alegria. É o amor de Deus!
Bem haja.

Viviana disse...

Olá Paulo, meu bom irmão e amigo

Gostei imenso deste pensamento:

"Da mesma forma que o sol aquece a pele e perpassa todo o corpo, o amor de Deus quer incidir sobre todos os póros do nosso ser."

Lembrei-me ao lê-lo, que aprendi no Curso de Enfermagem, que o sol é necessário para evitar o raquitismo.

Durante muitos, muitos anos, quando fui enfermeira de saúde infantil, fazia parte do ensino ministrado ás mães dos bébés, o ensino sobre os banho de sol.

Começavam ás três semanas de vida, salvo o erro.
Cinco minutos no primeiro dia, dez no segundo e 15 no terceiro.

Estes banhos de sol baseavam-se na teoria de que quando sol, mais propriamente, os raios ultra-violetas, incidem sobre a pele, transformam certas substâncias nela existentes em pró-vitamina D que depois por sua vez se transforma em vitamina D, que protege do raquitismo, fortalecndo a composição ósssea.

Se transportarmos isto para o plano espiritual, como o autor sugere, compreenderemos melhor como o "Sol" que é Jesus Cristo, e o seu amor, actuando sobre nós, sobre todo o nosso ser, fortalecer-nos-á tornar-nos-á em cristãos mais convictos, mais parecidos com Cristo, mais resistente ao mal,ao pecado.

Impedindo que sejamos raquíticos espirituais.

E quando assim é, a nossa pessoa e a nossa vida, torna-se uma benção para todos aqueles com quem de alguma forma estamos, ou contactamos.

Obrigada, bom amigo por mais este belo tema.

Tenha um lindo dia
um abraço

viviana

Angela Guedes disse...

Oi Paulo!!!
Hoje acordei com uma vontade incrível de te abraçar.
(((CADEIA DE ABRAÇOS)))
Você acabou de receber um abraço!
É isto mesmo, não há como se safar!
Você caiu no Abraçódromo! Assim, você vai ter que
abraçar todo mundo que você conhece!
Abrace seus parentes, amigos, inimigos, todo mundo!

O abraço é sinal de afeição.
Ele pode significar tanto, e tantas coisas ao mesmo tempo.
Pode significar um sinal de amor, de amizade, de conforto ou tudo junto!

Mantenha o Abraçódromo vivo!
Beijinhos
Ângela

Anónimo disse...

MEU DEUS!que lindo pensamento que o Paulo nos trouxe hoje.
Tomo a liberdade de lhe chamar MEU IRMÃO em CRISTO JESUS
Como essas palavras me tocaram...
Dou Gaças a Deus por saber o quanto elas significam.
Viviana gostei imenso da sua reflexão...espiritualmente somos sempre crianças e sempre necessitando de banhos da luz do sol da vida que é JESUS DE NAZARÉ
que Nossa Senhora nos ajude a abrir todo o nosso SER para receber todo esse SOL para que possamos irradiá-lo para todos á nossa volta
O meu Bem Haja para todos

Isabel Gomes