quinta-feira, 18 de junho de 2009

GOTA DE ÁGUA LIMPA


Um dia que a Madre Teresa estava em Roma de regresso de Oslo, onde lhe tinham entregado o Prémio Nobel, um jornalista perguntou-lhe se pensava que as suas fadigas tivessem mudado o mundo e ela respondeu:
-Olhe, nunca pensei em mudar o mundo. Só procurei ser uma gota de água limpa em que o amor de Deus pudesse brilhar. Esforce-se também você por ser um gota de àgua limpa e já seremos dois. É casado?
-Sim, Madre.
-Então, diga também à sua esposa e, assim, já seremos três! Tem filhos?
-Três filhos, Madre.
-Diga também a eles e, assim, já seremos seis.
"Madre Teresa de Calcutá, a mística dos últimos" - Franca Zambonini

2 comentários:

MamaNunes disse...

Bendita Madre Teresa! Pura sabedoria de Deus! Saudade meu irmão... Estou deixando abraços _0/

Danilo Fernandes disse...

Ola Paulo!


Queria convidar você para conhecer o meu blog, o Genizah que horas é pirado e engraçado, horas é exaltado e sério, mas é super do bem e tem como regra levar o Evangelho da Liberdade Verdadeira e a Santa Subversão de Jesus ao mundo egocêntrico e perdido nos seus valores! E, ainda dando tempo, aproveito para tirar uma onda com este pessoal que anda explorando a fé das pessoas e ainda dizendo que são cristãos... Ops!

Por minha vez, já me tornei seu seguidor.

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo


http://genizah-virtual.blogspot.com/