quinta-feira, 10 de abril de 2008

O Olhar de Amor


«Deus não é o olhar curioso, o olhar inquiridor, o olhar que esquadrinha, o olhar que julga. Deus não é também o olhar condescendente, que vem de cima para baixo, olhar que fere, olhar que ignora o outro como pessoa, olhar que despreza.(...)

Ser bom com Deus: que frase maravilhosa! Não somos bons com Deus se O tratamos como alguém que Ele não é; não somos bons com Deus se O tratamos pura e simplesmente como um juiz- François Varillon, em "Viver o Evangelho"


Deus é: "Um olhar de amor que me faz existir e me faz crescer no amor." (clicar)

1 comentário:

Éverton Vidal disse...

Ótima reflexao! Se Deus nao for visto como o olhar de amor, vai ser visto como qualquer coisa que ele nao é. Amor, antes de tudo, essa é a essència das açoes d'Ele.

Também levei o link do "Abrigo dos sábios" pra lá.

Inté!