terça-feira, 22 de maio de 2007

Escrever


A maioria dos estudantes pensa que escrever é colocar ideias, insights e visões no papel. Acham que, primeiramente, precisam ter alguma coisa a dizer antes que possam efectivamente escrevê-la. Para eles, escrever é um pouco mais do que registar um pensamento preexistente. Porém, com esta abordagem, o verdadeiro acto de escrever torna-se impossível. Escrever é um processo no qual descobrimos aquilo que vive dentro de nós. O próprio escrever revela o que está vivo (...) A mais profunda satisfação ao escrever é exactamente que este acto abre novos espaços dentro de nós dos quais não tínhamos consciência antes de começar a escrever. Escrever é embarcar numa jornada cujo destino final não sabemos." - Henri Nouwen

2 comentários:

H K Merton disse...

Que maravilha de blog, Paulo!

Cheguei até aqui por meio do blog "Borboletas ao Luar", da minha irmãzinha Gwenyfar, e estou absolutamente encantado! Que maravilha é a internet, se soubermos usá-la para bons fins, não é?

À primeira vista, gostei muito de tudo que escreves, vou precisar de um pouco de tempo, mas quero ler tudo. Concordo plenamente com as tuas considerações sobre o escrever. É assim mesmo que eu sinto; eu, que também amo escrever!

Ficaria honrado com uma visita tua ao meu blog, o Arte das artes:

http://artedartes.blogspot.com/

Um grande abraço fraternal!!

Flôr disse...

Escrever... é dar asas à imaginação...

Escrever.... é dar asas ao palpitar do coração...

Escrever.... é libertar o que nos vai na alma...

Escrever... é deixar para as gerações futuras.... aquilo que sentiamos...


Na Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus, está escrito o que Deus quer de nós....

Já vi que a Elisabete te veio visitar, ela também é Evangélica e uma grande amiga do meu coração, além de sermos irmãs em Cristo.

Que nos edifiquemos uns aos outros.

Flor

Posso saber onde vives?