quinta-feira, 12 de junho de 2008

Salvos pelo Amor

«O amor é o mistério mais profundo e mais sublime do universo, origem e termo de todas as coisas; exige, porém, força de carácter, fidelidade, perspicácia de inteligência, delicadeza de coração e, sobretudo, disponibilidade para o diálogo, aceitação e abertura ao outro, disposições raras na nossa sociedade. Mas as coisas raras são, frequentemente, as mais encantadoras e trata-se de dirigir para elas o olhar, o coração e o espírito dos homens do nosso tempo.


Hoje como nunca, temos necessidade de homens e mulheres como os astronautas e os grandes sábios que descobriram a energia nuclear, mas no campo do amor.» - Jean Vanier, em "Novas perspectivas do amor"

5 comentários:

Viviana disse...

Olá Paulo,

Por problemas com o meu computador não tenho podido visitar os blogues amigos.
O seu post de hoje está muito lindo!

Encerra uma grande verdade!

Deixo-lhe um grande abraço
viviana

Éverton Vidal disse...

Linda reflexao meu amigo. Tantos avanços, tanta tecnologia, coisas estrondosas e fascinantes, ms no campo do amor, quanto ainda temos de trilhar.

Abraço!
Inté!

Éverton Vidal disse...

Ah, e obrigado pelas palavras aí ao lado. Também te estimo muito irmao.
Inté!

Caio disse...

Nossa, depois de um curto tempo sem acessar os blogs de meus amigos, me deparo com uma leitura tão profunda e inspiradora!

Amor é algo do qual não sei escrever, mas adoro ler.

Grande texto Paulo!

UPA Sinodal Rio disse...

Vou pregar sobre isso sábado! Valeu pela inspiração!

Grande abraço,

André Monteiro
www.upasinodalrio.blogspot.com