sexta-feira, 2 de julho de 2010

O SENTIDO HUMANO DA VIDA

O sentido da nossa vida é muito simples:
devemos orientar cada pensamento
e cada gesto de modo a que ela se torne
uma fonte de alento para os outros.

Sê justo para com os que se cruzam contigo.
Justo é aquele que deixa que os outros sejam iguais a si próprios,
que aceita as suas diferenças
e que ajuda os que precisam do seu auxílio.
Sê humano, com os outros e contigo.
A humanidade dos outros só é benéfica
para ti quando eles a têm para com eles próprios.
Só assim, a humanidade é recíproca
e pode ser um bálsamo para todos.

Sê bondoso para com as pessoas que cruzam o teu caminho.
Quem olha para si e para os outros com benevolência e tolerância
não se deixa tolher pelos seus próprios erros.
Agarra-se ao bem e acredita nele,
mesmo que sofra muitas desilusões.
A fé na bondade de cada um atrai o melhor que há nas pessoas,
pois reconhece o bem que há em todos.

Anselm Grün, em "Em cada dia... um caminho para a felicidade"

1 comentário:

ismael de almeida disse...

Trago nos meus ombros o peso dos erros do meu passado. Sou pequenino e imperfeito, mas de joelhos venho oferecer os meus serviços em Tua seara.
Estou disposto a doar a minha vida a causa do bem, mesmo que eu seja crucificado no calvario da ingratidaõ, ainda que a recompensa do meu trabalho seja o oprobio e o escarneo.
A Ti ofereço os frutos da minha missaõ.